PES 2017 ou FIFA 17, qual o jogo pra você?

Seeejam muito bem vindos a mais um texto sobre games aqui no Locomotiva! E agora vamos tratar de um assunto que nem todo mundo vai concordar: Qual é o melhor jogo pra você comprar quando se trata de Futebol virtual.

PES e FIFA vem disputando ferozmente o protagonismo no cenário dos campos  virtuais nas últimas duas décadas. Com supremacia de PES na geração PlayStation 1 e PlayStation 2 e FIFA tomando seu lugar à partir do PlayStation 3/Xbox 360, permanecendo assim na geração atual. Suas últimas versões foram lançadas este ano e muitas novidades vieram por aí, porém FIFA vende 20 unidades para cada 1 vendida de PES. Será que o PES realmente está decadente quando se fala em Simulador de Futebol? Qual é o jogo de futebol ideal para você? Vamos descobrir.

O que mais falam mal sobre o PES é a sua jogabilidade dizendo que a do FIFA é melhor, ou dizem que PES tem um gráfico melhor do que FIFA. Neste texto iremos deixar essas partes de lado e discorrer sobre o propósito de ambos os jogos: simular futebol. Quando falamos em simular futebol não é simplesmente ter o melhor jogo em que podemos sair correndo driblando todo mundo e sim conseguir fazer com que quem esteja jogando tenha uma liberdade para mexer em seu time como preferir e ver tais mudanças em campo, e nisso PES 2017 consegue cumprir melhor o papel do que FIFA 17.

PES 2017 quando se trata de modos offline (Master League, Rumo ao Estrelato, Amistosos e campeonatos diversos) trás uma evidente evolução no sentido tático, por exemplo: Manchester City vai jogar em casa contra um time extremamente inferior o Hamburgo. Bayern joga com as linhas avançadas tendo grande posse de bola enquanto Hamburgo está com o time todo recuado esperando uma oportunidade para sair no contra ataque pelas pontas, nas costas dos laterais bávaros. Quando você está jogando PES e controla o City, esse cenário que vemos na vida real é transportado para o jogo, você está no comando do jogo e dita as regras, claro que em um desses contra ataques você pode levar um gol e a partida irá terminar desse jeito, porém a Inteligência Artificial do time inferior tem consciência de que levar um ponto que seja contra o líder do campeonato é como se fosse uma vitória, então eles jogam por esse ponto.

Quando se está jogando uma Master League você tem ciência de que cada jogo será uma história diferente, táticas devem ser mudadas e o que funcionou para um jogo não vai funcionar tão bem para todos, a IA adversária muda de tática durante o jogo inclusive. Se você está jogando contra o Barcelona e ele não consegue uma bola infiltrada para o Messi, Suárez ou Neymar ele pode tentar invadir com o apoio dos laterais, tabelando ou cruzando a bola na área e isso faz com que seja extremamente divertido jogar PES offline, coisa que não se repete online. Modos de jogo quebrados e com poucas novidades fazem com que não seja atrativo ter experiências online neste jogo, o que justifica bastante a perda de fãs ao longo dos anos, afinal muitas pessoas querem jogar contra outras pessoas através da internet. Enquanto a tática se aplica de maneira razoável em jogos online, ela funciona muito melhor offline.

pes-2017-6

Por outro lado temos o FIFA, um jogo que tem como foco os modos online. A FIWC (FIFA INTERACTIVE WORLD CUP), maior campeonato de FIFA tem como classificação o Ultimate Team, o caminhão chefe dos últimos FIFA. Lá você pode montar seu time com os jogadores que quiser (desde que tenha moedas o suficiente para tal) e disputar online desde campeonatos mata-mata até 10 divisões distintas. O Modo temporadas e Pro Clubs não deixam a desejar também, servidores dedicados para que os jogadores consigam ter uma experiência livre do temido “lag”. Esses três modos dão ao FIFA alta vantagem quanto o quesito é sistema online, apesar do leque de opções táticas grandes, podendo editar marcação homem a homem, linha de impedimento isso tem efeito apenas no modo online, quando você segura um resultado no último jogo da temporada que te dá o acesso à divisão de cima, ou quando está em uma final de campeonato e resolve retrancar totalmente, aí sim a tática é muito bem aplicada de acordo com o que você está fazendo e o quão bem a está realizando. Porém, quando sua maior novidade do ano nos modos de jogo é um modo OFFLINE, o modo Jornada se torna cansativo e repetitivo com a Inteligência Artificial feita pela equipe de FIFA. Os jogos são praticamente os mesmos, por mais que você esteja controlando o poderoso Manchester United em pleno Old Trafford contra um atual rebaixado Aston Villa, cheio de jogadores medianos/ruins você vai tomar pressão em casa deste time a menos que você tenha um macete para ganhar da CPU, coisa que não acontece em PES. Jogando na última dificuldade significa que os jogadores controlados pela IA conseguem bater de frente com os seus independente de seus níveis, passes perfeitos, tabelas perfeitamente sincronizadas e defesas com marcação digna de uma seleção de nível mundial. E isso acontece em todo jogo, você parece estar jogando contra o mesmo time só que com um uniforme diferente, não temos variação tática a ponto de termos uma mudança real no jogo. Uma formação padrão pode vencer campeonatos desde que você tenha a manha de ganhar da máquina e não ter habilidade em se montar um time e administrar o jogo taticamente. O modo jornada sofre com a IA do seu time tentando criar jogadas e torna o modo ainda mais cansativo se não for jogado com o time completo.

fiwc-fifa17-620x330

Temos outro fator que dá FIFA a preferência dos amantes de futebol virtual: As ligas licenciadas. Por mais que PES tenha a Champions League, Libertadores, Europa League, Brasileirão, campeonatos altamente famosos aqui no Brasil e no mundo, FIFA tem campeonatos genériicos mas com uma quantidade de times infinitamente maior, com o próprio Bayern de Munique ficando completamente fora de PES e Real Madrid não tendo seus uniformes licenciados no jogo. Patchs são necessários para que o jogo fique mais atualizado e essa mão de obra é chata para quem quer apenas comprar o jogo e rodar sem preocupações. Neste mesmo quesito ao menos aqui no Brasil PES acabou vencendo, com a Liga Brasileira licenciada e Flamengo/Corinthians exclusivos, PES não tem jogadores genéricos igual o FIFA, que anunciou 23 times brasileiros porém até hoje não vemos escalações de jogadores reais nos times.

j8uu0oo3cf3rfcxhzccn

Por fim, PES e FIFA têm suas qualidades que divergem uma da outra, quando se procura uma experiência online para jogar com os amigos FIFA se sai como a melhor opção por ter um jogo mais fluído, rápido e com diversos modos online que são viciantes, porém quando se trata de uma jogatina sozinha, para construir um clube do zero ou ter sua carreira nos campos e simular partidas de futebol PES é a melhor escolha com sua inteligência artificial que realmente é “Inteligente”. Dada as diferenças de ambos os jogos deixa mais fácil ver que o problema das vendas de PES não é sua qualidade baixa e sim seu foco que não atrai tanto o público em geral.

Ambos são bons jogos que juntos completam as falhas do outro, porém quando estiver entre um e outro já sabe o que jogar na balança para se decidir.

Até a próxima, nobres passageiros!

Compartilhe!

Comentários

  • Há um tempo atrás, a comparação mais fácil de se fazer de um para o outro é a que o FIFA era um simulador, onde tentava ser o mais perto do que realmente acontece no futebol (tinha lesões de jogadores, dependendo da força que você tocava a bola ou cruzava, o jogador que a recebia tinha uma certa dificuldade. Já o PES era mais um arcade, que não tinha muito dessas regras. Acho que hoje em dia os dois tem essas mesmas dificuldades.

Leave a Comment